Alentejo

Gosto tanto de ti…Alentejo!

By rolhas-
gosto-tanto-de-ti-alentejo

Talvez seja por vivermos no reboliço da cidade ou talvez por não darmos conta de o tempo passar, não sei, a verdade é que a cada visita ao nosso Alentejo trazemos a saudade de ouvir o silêncio e a certeza de um até já.

Mergulhar na sua imensidão é descobrir gentes e locais únicos que valem cada segundo do nosso tempo, cada metro que percorremos em retas sem fim e cada cêntimo que possamos gastar. Passar para as palavras a experiência vivida é mais do que um desafio e não fará jus ao que se sente mas vamos lá começar esta Rota de Sabores…

dav

Os imprevistos espreitam a cada esquina e quando nos levam até Alcaraviça (Borba) estamos num bom caminho. Honras sejam feitas ao nosso amigo Pedro pela sugestão para almoçar n’O Espalha Brasas. Não conhecem? Metam-se no carro, na mota, no comboio e façam-se à estrada, mas antes reservem mesas não vá estar repleto de nuestros hermanos. Com uma garrafeira simpática, a escolha para acompanhar o belo coelho no forno, recaiu sobre um .COM Premium Rosé de Tiago Cabaço Wines…e que bem que souberam aqueles aromas frescos! Se encontrarem à venda não percam a oportunidade de experimentar pois é um vinho bastante versátil capaz de dar conta de qualquer exigência neste verão que se aproxima.

dav

Próximo destino, Degolados (Campo Maior), para conhecer o Agro Turismo Monte Alto…calma que aqui teremos de fazer uma pausa para apreciar toda a envolvente em que está inserida esta habitação totalmente recuperada e em funcionamento desde 2014. No Monte Alto conseguimos respirar o Alentejo profundo, ouvir o silêncio da paisagem soberba e saborear o melhor da gastronomia alentejana pelas mãos da nossa amiga Lara Evangelista que nos preparou um jantar divinal. Acompanhado de um Monte da Esperança Tinto 2012, intenso e denso, foi a escolha acertada para desconstruir os sabores intensos dos pratos com os quais fomos brindados. Sobre o Monte Alto, não podemos enumerar todos os adjetivos possíveis e qualquer fotografia não fará justiça ao espaço com tamanho bom gosto. Pormenores e recantos que nos fazem desejar um dia ter um monte assim e que nos fazem bem à alma. Obrigado Lara e ao senhor João!

Tempo de descanso e de nos fazermos novamente à estrada, retas atrás de retas e de repente tudo se altera com curvas e contracurvas até chegar à bonita Vila de Marvão. Mais um daqueles locais de eleição que merece pelo menos uma visita na vida!

O regresso esse, é sempre o mais difícil, mas vale pela paisagem e pela paz que nos transporta ao sabor do vento. Claro que não podíamos voltar sem uma paragem por Vila Viçosa, tempo de esticar as pernas e estar com quem gostamos. À nossa espera mais do que a receção, o carinho e um Pêra Manca Branco 2013 bem fresco, se é bom? Não, ora essa, é só mesmo uma das maravilhas da Adega Cartuxa e que tivemos a oportunidade de experimentar, um vinho elegante, bem estruturado e de excelência no que toca aos vinhos brancos alentejanos. Muito obrigado uma vez mais e um grande beijinho deste lado.

sdr

Tempo de regressar e de pensar o quanto gosto de ti…Alentejo!

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *