Bairrada

Bairrada volta a crescer…

By rolhas-

A passagem de ano já lá vai mas a região da Bairrada continua a festejar. E não é para menos, a produção dos seus famosos vinhos espumantes registou um aumento na ordem dos 25% face a igual período do ano anterior. Este resultado vem assim reforçar a liderança a nível nacional na produção de vinhos espumantes.

Champagne being poured into champagne flutes, in a very sparkly, festive party.

A estimativa do aumento de produção foi feita pelo presidente da Comissão Vitivinícola da Bairrada (CRVB), Pedro Soares, e tem como base o crescimento “entre 25 a 30 por cento” da venda na região demarcada dos selos de garantia do Instituto da Vinha e do Vinho.

A autenticidade e genuinidade do vinho das regiões demarcadas, está patente em cada uma das garrafas através do Selo de Garantia. O mesmo certifica e garante a sua origem e o controlo rigoroso efetuado a todas as fases do processo de produção.

A produção de vinhos espumantes iniciou-se na Bairrada em 1890, por iniciativa do Engenheiro Agrónomo José Maria Tavares da Silva, nas instalações da então Escola Prática de Viticultura e Pomologia da Bairrada, em Anadia, hoje Estação Vitivinícola da Bairrada, na qual foi o primeiro diretor. Em 2015 celebraram-se os 125 anos de produção de espumantes tendo sido registadas dois milhões de unidades vendidas com o Selo de Garantia.

A CRVB apostou fortemente no projeto Baga, definindo critérios para a consolidação de um espumante monovarietal feito a partir da casta Baga, dominante na região.

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *